12:7 Logo

Salvar minhas informações

História

Há muito tempo, em 1915, o recém formado Comitê da Sociedade de Jovens da Igreja do Nazareno, o braço do Ministério de Jovens local que era conhecido como Sociedade Nazarena de Jovens (SNJ, que antecedeu a JNI), desejava que os jovens da igreja abraçassem a responsabilidade de levanterem fundos de missões.  Em 1928, a SNJ estabeleceu um alvo de levantar $100.000 dólares para missões nacionais.

 

Mesmo com o fato desse alvo ousado não ter sido alcançado naquele ano, a sociedade conseguiu levantar $10.000 dólares, e ao fazer isso, iniciou-se o que agora é uma longa tradição entre jovens da Igreja do Nazareno de levantar fundos para missões. Com a esperança de arrecadas fundos para o trabalho missionário, a sociedade decidiu levantar uma grande oferta no domingo de Páscoa de 1935.  A oferta foi um sucesso e até hoje levantamos ofertas missionárias na Igreja do Nazareno na época de Páscoa.

 

Em 1940, as ofertas para projetos missionários começaram a crescer.  Além da oferta de Páscoa para apoiar o trabalho missionário como um todo, a SNJ também começou a levantar ofertas especiais para beneficiar projetos missionários, como o trabalho a organização internacional Cruz Vermelha.  De 1944 até 1945, muitas ofertas missionárias foram levantadas para apoiar o trabalho missionário no Alasca, para ajudar a abrir o trabalho na Austrália e Nova Zelândia e para ajudar o trabalho de socorro na China.  Em dois anos, mais de $60.000 dólares foram arrecadados para o trabalho missionário.

 

Em 1952, dois projetos missionários separados foram escolhidos para receberem o dinheiro da oferta missionária.  O primeiro foi a implantação de Institutos Bíblicos na Austrália e África do Sul e o segundo foi um projeto evangelístico de rádio na cidade de Nova Iorque. Mais de $56.000 dólares chegaram para esses dois projetos. De 1956 até 1988, a SNJ levantou ofertas anuais para ajudar a Sociedade Bíblica Americana. Também, durante aquele tempo, projetos como a compra de uma casa pastoral na Alemanha Ocidental, a criação de um seminário por extensão no Equador e a arrecadação de fundos para o seminário no México foram apoiados pelas ofertas missionárias da SNJ.

 

Em 1989, a Juventude Nazarena Internacional (antiga SNJ) decidiu deixar de apoiar a Sociedade Bíblica Americana para apoiar o projeto nazareno chamado "Impacto nas Cidades".  Em 1993 os fundos missionários estavam se tornando problemáticos para a JNI.  Para dar uma força nas ofertas, foi criada a Oferta Global de Evangelismo de Jovens.  O dinheiro arrecadado com essa oferta anual apoiava o programa de Jovens em Missão.  Também, durante esse tempo, a JNI decidiu escolher um projeto misisonário específico para apoiar a cada ano.  Alguns dos projetos incluíam o apoio de evangelismo via rádio na China, o investimento na criação de recursos culturais específicos para o Ministério de Jovens e o financiamento da tradução de recursos existentes.

 

No NYC'99 EUA/Canadá (Congresso de Jovens), o projeto de oferta "Próxima Geração JNI" foi apresentado.  O alvo dessa iniciativa era financiar o desenvolvimento e crescimento de projetos urbanos de Ministérios de Jovens no Brooklyn e no Rio de Janeiro.  Nessa época, reconhecemos que as tendências das ofertas, especialmente nos EUA, estavam mudando.  Os ofertantes queriam dar diretamente para uma necessidade específca ao invés de darem para uma oferta geral. Em resposta a essa mudança, Jesus para Uma Nova Geração foi criado em junho de 2001 na Convenção Global. Esse programa dá continuidade a rica tradição de ofertas a projetos missionários da JNI e ainda faz a oferta mais pessoal e específica para um projeto.  Agora, você pode ver a lista de projetos, escolher um que você gostaria de apoiar e levantar fundos que cheguem diretamente à necessidade daquele projeto.

 

Se você quiser saber mais sobre como apadrinhar um projeto, por favor, clique aqui.